quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Crise Econômica Mundial 2008 - 2011. O mundo caminhando para o fim.


O Blog NOVA ERA HOJE leva você a entender o que está acontecendo com a economia no mundo e mostra o que a Bíblia já nos alertava desde o princípio...

A crise econômica de 2008-2011 é um desdobramento da crise financeira internacional, precipitada pela falência do tradicional banco de investimento estadunidense Lehman Brothers, fundado em 1850. Em efeito dominó, outras grandes instituições financeiras quebraram, no processo também conhecido como "crise dos subprimes". Em outubro de 2008, a Alemanha, a França, a Áustria, os Países Baixos e a Itália anunciaram pacotes que somam 1,17 trilhão de euros (US$ 1,58 trilhão / R$ 2,76 trilhões) em ajuda ao seus sistemas financeiros. O PIB da Zona do Euro teve uma queda de 1,5% no quarto trimestre de 2008, em relação ao trimestre anterior, a maior contração da história da economia da zona.

Crédito fácil cria uma demanda que aumenta o valor das propriedades, o que por sua vez aumenta o valor do crédito disponível para financiá-las. As bolhas começam quando as pessoas passam a comprar casas na expectativa de que sua valorização permitirá a elas refinanciar suas hipotecas, com lucros. Isso foi o que aconteceu nessa última crise.

Em 15 de Dezembro de 2010, no GEAB nº 50, a equipe do LEAP/E2020 antecipava a explosão das dívidas públicas ocidentais no segundo semestre de 2011. Descrevíamos então um processo que partiria da crise das dívidas públicas européias para a seguir atear o fogo ao coração do sistema financeiro mundial, ou seja, a dívida federal dos EUA . E eis-nos aqui, com este GEAB nº 56, à beira do segundo semestre de 2011, com uma economia mundial em pleno descalabro, um sistema monetário global cada vez mais instável e praças financeiras que estão em transe, tudo isso apesar dos milhões de milhões de dinheiro público investidos para evitar precisamente este tipo de situação.

A insolvência do sistema financeiro mundial, e em primeiro lugar do sistema financeira ocidental, retorna novamente à frente da cena após pouco mais de um ano de políticas cosméticas visando afundar este problema fundamental sob enxurradas de liquidez.

Em 2009 havíamos estimado que o planeta contava com cerca de US$30 trilhões de ativos fantasmas. A metade aproximadamente desfez-se em fumo em seis meses, entre Setembro de 2008 e Março de 2009. Para a nossa equipe, é agora a vez de a outra metade, os restantes 15 trilhões de ativos fantasmas, pura e simplesmente desvanecerem-se entre Julho de 2011 e Janeiro de 2012. E desta vez, as dívidas públicas estarão igualmente em causa, ao contrário de 2008 / 2009 em que foram essencialmente os atores privados os afetados. Para avaliar a dimensão do choque que se prepara, é útil saber que mesmo os bancos americanos começam a reduzir a sua utilização dos Títulos do Tesouro dos EUA para garantir suas transações, por medo dos riscos crescentes que pesam sobre a dívida pública dos Estados Unidos.

Para os atores do planeta financeiro, o choque do Outono de 2011 pode assim corresponder no sentido literal ao fato de sentirem o chão ruir sob os seus pés, uma vez que é a própria base do sistema financeiro mundial, o Título do Tesouro dos EUA, que está a ponto de afundar brutalmente.

Os “pressupostos” sobre o fato de que é impossível a tal ou tal Estado entrar em descumprimento da sua dívida não resistiram a três anos de crise: é aqui que a Wall Street e a City caíram na armadilha a qual ameaça todos os aspirantes a aprendizes de feiticeiro. Eles não viram que lhes seria impossível controlar esta histeria em torno da dívida grega. Assim, hoje, é no Congresso dos EUA, no quadro de um violento debate sobre o total de endividamento e os cortes orçamentais maciços, que desenvolvem as consequências dos artigos manipuladores destes últimos meses sobre a Grécia e a zona Euro. Mais uma vez, nossa equipe não pode senão sublinhar que se a História tem um sentido, este é sem dúvida o da ironia.

Conclusão

Podemos ver que tudo está convergindo para que haja uma unificação de moedas e economias no mundo, pois assim ficará mais fácil de controlar e manipulas a todos. Isso não é uma conclusão minha, a Bíblia já nos alertava sobre isso em Apocalipse 13:16 e 17:

"16. E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, 17. Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome."


Cada vez mais podemos ver que a Bíblia está correta em seus ensinamentos e aquele que crer nas Palavras de Jesus e reconhecer Ele como único suficiente Senhor e Salvador da sua vida será salvo. Romanos 10:9 e 10:

"9. A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. 10. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação."

Creio que a volta de Jesus está próxima e resta a cada um de vocês fazer a sua escolha.

Que Jesus Cristo abençoe todos vocês....

2 comentários:

  1. sera que vamos ter que usar o chip mondex?

    ResponderExcluir
  2. Olá...

    Na verdade, muitos já estão usando. O dia em que todos terão que usar não está muito distante.

    Por isso, temos que estar preparados...

    NOVA ERA HOJE...

    ResponderExcluir